+ Notícias >> Caixa WIM WENDERS: quatro filmes essenciais já à venda em DVD

Caixa WIM WENDERS: quatro filmes essenciais já à venda em DVD

Caixa WIM WENDERS: quatro filmes essenciais já à venda em DVD

Após a exibição nas salas de cinema, a Leopardo Filmes edita em DVD, numa edição de coleccionador, quatro obras imprescindíveis do realizador WIM WENDERS, nas suas versões restauradas pela Fundação Wim Wenders. Este pack DVD já está à venda em exclusivo no Espaço Medeia (cinema Medeia Monumental e Espaço Nimas), e nas lojas online da Leopardo Filmes e da Medeia Filmes.

O AMIGO AMERICANO (1977), O ESTADO DAS COISAS (1982), PARIS, TEXAS (1984) e AS ASAS DO DESEJO (1987) são os filmes que integram este pack e que podem ser agora vistos ou revistos em DVD. Protagonizado por Dennis Hopper e Bruno Ganz, O AMIGO AMERICANO é uma adaptação livre da obra “Ripley’s Game” de Patricia Highsmith, e permitiu a grande revelação internacional de WIM WENDERS. O filme competiu pela Palma de Ouro no Festival de Cannes em 1977, e no ano seguinte venceu o César para Melhor Filme Estrangeiro.

O ESTADO DAS COISAS, produzido por Paulo Branco e filmado em Portugal há mais de 30 anos, venceu em 1982 o Leão de Ouro no Festival de Veneza, e acompanha uma equipa de cinema na rodagem de um remake de um clássico de série B, perto de Sintra. Quando a película e o dinheiro acabam, e o produtor desaparece, a equipa fica à espera até que o realizador decide partir para Los Angeles, à procura dele.

Uma das mais belas sinfonias citadinas do cinema, AS ASAS DO DESEJO (1987) passa-se na Berlim pós-segunda guerra mundial, onde dois anjos deambulam pela cidade, invisíveis aos humanos. Quando um deles se apaixona por uma trapezista, dispõe-se a deixar a sua imortalidade para ficar na terra ao seu lado, experimentando pela primeira vez as alegrias e tristezas de cada dia. AS ASAS DO DESEJO, que conta com a colaboração do escritor Peter Handke no argumento, estreou no Festival de Cannes em 1987, onde WIM WENDERS venceu o Prémio de Realização.

PARIS, TEXAS, protagonizado por Harry Dean Stanton, deu a WIM WENDERS a Palma de Ouro no Festival de Cannes, em 1984, e é um dos filmes mais emblemáticos do realizador. Com argumento de Sam Shepard e música de Ry Cooder, o filme acompanha Travis Henderson, ausente durante quatro anos, que reaparece no deserto dos EUA, exausto e amnésico. Aos poucos, vai-se recordando da sua vida e começa então a tentar construir uma amizade com o seu filho, Hunter, e a tentar encontrar Jane, a ex-mulher, com o objectivo de formar uma verdadeira família.

Até 26 de Novembro, o pack WIM WENDERS poderá ser adquirido no Espaço Medeia e nas lojas online pelo preço promocional de 25€.

WIM WENDERS (n. 1945) é um dos pioneiros do Novo Cinema Alemão, nos anos 70, e uma das figuras mais importantes do cinema alemão contemporâneo. Além das muitas longas-metragens premiadas, o seu trabalho como guionista, realizador, produtor, fotógrafo e escritor também abarca um grande número de documentários inovadores, exposições internacionais de fotografia e inúmeras monografias, livros sobre cinema e colecções de prosa.

Depois de se estrear com a sua primeira longa-metragem após a escola de cinema, A Angústia do Guarda-Redes no Momento do Penalty (1971), a partir de um texto de Peter Handke, WENDERS dedicou-se à sua trilogia de filmes de viagem, Alice nas Cidades (1973), Movimento em Falso (1974) e Ao Correr do Tempo (1975). Desde essa altura, WENDERS continuou a trabalhar tanto na Europa como nos Estados Unidos, na América Latina e na Ásia, e foi galardoado com inúmeros prémios em festivais por todo o mundo. Os seus documentários Buena Vista Social Club (1999), Pina (2011) e O Sal da Terra (2014) foram nomeados para Oscares.

Em 2012, Wim Wenders criou, juntamente com a mulher Donata, a Fundação Wim Wenders. O estabelecimento desta fundação baseou-se sobretudo no objectivo de criar uma estrutura para reunir todo o seu trabalho cinematográfico, fotográfico, artístico e literário no seu país natal, e torná-lo permanentemente acessível ao público em geral de todo o mundo.

Três anos depois, no Festival de Berlim, foi homenageado e galardoado com um Urso de Ouro Honorário que premeia o conjunto da sua carreira. No mesmo ano, foi um dos convidados do LEFFEST, e partilhou a sua paixão por Portugal através de uma exposição fotográfica inédita, organizada pela Fundação Wim Wenders, composta por imagens que o cineasta fez durante a preparação e rodagem dos filmes O Estado das Coisas, Viagem a Lisboa e Até ao Fim do Mundo.

O cineasta alemão esteve recentemente em Portugal para receber o Prémio Europeu Helena Vaz da Silva, atribuído pelo do Centro Nacional de Cultura (CNC). Nesta cerimónia, WIM WENDERS foi condecorado pelo Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, com o grau de comendador da Ordem do Mérito.

20-11-2017

Comprar [+]

RSS

+ Comprar

DVDs

?
Se ainda não está registado, faça agora o seu registo.

+ Newsletter

Subscreva aqui a
Newsletter


+ Pub

+ Pesquisa


+ Siga-nos em

f f f f f