Mailing list
Brevemente nos cinemas

A Mãe e a Puta La maman et la putain

Um filme de Jean Eustache com Jean-Pierre Léaud, Bernadette Lafont, Françoise Lebrun

“A ternura, o prazer, a angústia, a loucura, a liberdade sexual, o sofrimento no limite do suportável. Há de tudo isto neste filme”, escreveu o crítico Jean Collet sobre La Maman Et La Putain, uma das obras mais importantes e influentes do moderno cinema francês. Ou, como notou Alain Philippon, um filme que é simultaneamente “um grande plano sobre três indivíduos, um plano médio sobre uma micro-sociedade e um plano de conjunto sobre a sociedade francesa dos inícios dos anos setenta”. A obra mais conhecida de Jean Eustache é um filme de uma época e de uma geração, um manifesto estético que põe no seu centro a palavra.

1973 | França | 3h 22m | Drama, Romance | Longa-metragem

Actores e ficha técnica

Jean-Pierre Léaud, Françoise Lebrun, Bernadette Lafont, Isabelle Weingarten, Jacques Renard


Realizador: Jean Eustache
Argumento: Jean Eustache
Fotografia: Pierre L'homme
Produtora: Elite Films, Ciné Qua Non, Les Films du Losange, Simar Films, V.M. Productions - Vincent Malle Productions


Distribuição: Leopardo Filmes

Subscreva a nossa newsletterr

Este website usa Cookies. Ao navegar neste website está a concordar com a nossa Política de Cookies.