Mailing list
Catálogo

Continuo a Ser Curiosa I Am Curious (Blue)

Um filme de Vilgot Sjöman com Maj Hultén, Vilgot Sjöman, Lena Nyman, Börje Ahlstedt

“I Am Curious (Blue)” vem complementar “I Am Curious (Yellow)”, mantendo as suas personagens e actores e esbatendo ainda mais as linhas entre realidade e ficção. Este funciona em paralelo com o primeiro, contando a mesma história de uma forma diferente. A história de Lena continua enquanto o filme se foca nas relações pessoais, religião, o sistema prisional e o sexo. “I Am Curious (Yellow)” e “I Am Curious (Blue)” ligam-se no tempo, já que a acção deste filme decorre tanto antes como depois de “I Am Curious (Yellow)”.

1968 | Suécia | M/12 | 107 min | Drama | Longa-metragem

Actores e ficha técnica

Maj Hultén

Vilgot Sjöman
Lena Nyman
Börje Ahlstedt


Argumento e Realização - Vilgot Sjöman
Director de Fotografia - Peter Wester
Montagem - Wic Kjellin, Carl-Olov Skeppstedt
Produção - Göran Lindgren

Biografia do realizador

O sueco Vilgot Sjöman iniciou a sua carreira em 1962 com “The Mistress”, filme onde reuniu Bibi Andersson e Max Von Sydow, dois colaboradores habituais de Ingmar Bergman. No ano seguinte, foi assistente do próprio Bergman no filme “Luz de Inverno”. Em 1964 viria a realizar um dos filmes mais marcantes da sua carreira, “491”, onde abordou temas como a homossexualidade e delinquência juvenil. Ainda na década de 1960 realizou as duas obras que mais marcariam a sua carreira: “Sou Curiosa” e “Continuo a Ser Curiosa”. Com estas duas obras o realizador viria a chocar o mundo inteiro. Censurado em muitos países e banido nos Estados Unidos, este filme marcou um ponto de viragem na forma como a nudez e a sexualidade eram avaliadas no cinema.


Subscreva a nossa newsletterr

Este website usa Cookies. Ao navegar neste website está a concordar com a nossa Política de Cookies.