Mailing list

Notícia

Notícia

A Leopardo filmes tem 6 filmes na Selecção Oficial do Festival de Cannes 2021

Acaba de ser revelada a Selecção Oficial de Cannes 2021 (6 a 16 de Julho).


A Leopardo Filmes tem o prazer de anunciar que já adquiriu os direitos para Portugal de 5 dos filmes em Competição e de 1 dos filmes da Secção Cannes Première, criada este ano.


Os filmes são:


COMPETIÇÃO

TOUT S’EST BIEN PASSE, de François Ozon

FRANCE, de Bruno Dumont

LES OLYMPIADES, de Jacques Audiard

BENEDETTA, de Paul Verhoeven

THE STORY OF MY WIFE, de Ildikó Enyedi


CANNES PREMIERE

SERRE-MOI FORT, de Mathieu Amalric


................................................................................................................................................


TOUT S’EST BIEN PASSÉ
Um filme de François Ozon
França, 2021
Com Sophie Marceau, André Dussollier, Hanna Schygulla, Grégory Gadebois, Éric Caravaca
 
Quando André, de 85 anos, sofre um AVC, Emmanuèle corre para junto do pai. Na sua cama de hospital, doente e com metade do corpo paralisado, André pede à filha que o ajude a por fim à sua vida. Mas como poderá Emmanuèle honrar tal pedido quando se trata do seu próprio pai?
 
No final de 2008, o pai da escritora francesa Emmanuèle Bernheim foi hospitalizado devido a um acidente vascular cerebral. Ao acordar, frágil e dependente, ele que sempre vivera apaixonadamente cada dia, pediu à filha que o ajudasse a morrer. Bernheim escreveu um poderoso e perturbante relato sobre esta situação limite, que François Ozon adaptou ao cinema.

................................................................................................................................................


FRANCE
Um filme de Bruno Dumont
França, Alemanha, Bélgica, Itália, 2020

Com Léa Seydoux, Blanche Gardin, Benjamin Biolay


Paris, nos dias de hoje. France de Meurs (Léa Seydoux) é uma jornalista reconhecida dividida entre um plateau televisivo, um cenário de guerra distante e uma vida familiar atarefada. Contudo, o seu mundo frenético - típico de uma profissão de grande relevo - é virado do avesso, repentinamente. Um acidente no trânsito, onde acaba por atingir um peão, desencadeia uma disrupção inesperada da realidade e leva-a a pôr tudo em causa. À medida que France tenta abrandar e recatar-se numa vida simples de cidadã anónima, a sua fama continua a persegui-la até que um caso amoroso místico parece pôr fim à sua demanda.
Segundo Dumont, France retrata uma mulher “consciente da sua exaustão psicológica, dos excessos e da ajuda de que irá precisar para ser bem-sucedida.” O filme “capta a sua determinação, os pontos baixos, as suas explosões de raiva e dificuldades”. (Screen Daily)


................................................................................................................................................


LES OLYMPIADES
Um filme de Jacques Audiard
França, 2021
Com Lucie Zhang, Makita Samba, Noémie Merlant e Jehnny Beth
 
Emilie conhece Camille, que se sente atraído por Nora, que por sua vez se cruza com Amber. Três jovens mulheres e um rapaz redefinem a noção de amor moderno – são amigos, às vezes amantes e muitas vezes as duas coisas ao mesmo tempo…
Baseado nos contos de banda desenhada Killing and Dying (do cartoonista do New Yorker Adrian Tomine), Les Olympiades, o novo filme do visionário Jacques Audiard, que escreveu o argumento com Céline Sciamma e Léa Mysius, é uma bela e refrescante história de amor, que explora a forma como jovens adultos interagem e constroem a sua identidade, ao mesmo tempo que lidam com as suas emoções, a sexualidade, as questões de género.

................................................................................................................................................


BENEDETTA
Um filme de Paul Verhoeven
França, 2021
Com Virginie Efira, Charlotte Rampling, Daphné Patakia, Lambert Wilson, Olivier Rabourdin
 
Baseado no livro Immodest Acts: The Life of a Lesbian Nun in Renaissance Italy, de Judith Brown, que investiga a história passada num convento em Pescia (Toscana) na Itália da Contra-Reforma, o mais recente filme do realizador de Instinto Fatal, Showgirls e Ela, traça o retrato de uma freira católica mística, que tem visões eróticas e religiosas perturbadoras, a irmã Benedetta Carlini (Virginie Efira).
Desde muito nova, Benedetta possui o dom de fazer milagres, o que tem um enorme impacto na comunidade. Entretanto, acolhe Bartolomea, uma jovem que lhe implora abrigo e protecção, e as duas tornam-se muito próximas, crescendo entre elas um romance ardente… A madre superiora (Charlotte Rampling) e o enviado do Vaticano (Lambert Wilson) debatem-se com um dilema.
 

................................................................................................................................................


THE STORY OF MY WIFE
Um filme de Ildikó Enyedi
Alemanha, Hungria, França, Itália, 2021
Com Gijs Naber, Léa Seydoux, Louis Garrel, Jasmine Trinca, Luna Wedler
 
Um capitão da marinha faz uma aposta com um amigo: casar-se-á com a primeira mulher que entrar no café em que se encontram. Momentos depois, entra no café Lizzie, uma enigmática mulher…
Adaptado do romance mais premiado do poeta e dramaturgo Milán Füst, publicado em Portugal pela editora Cavalo de Ferro com o título A História da Minha Mulher: Apontamentos do Comandante Störr, considerado uma obra-chave da literatura húngara do século XX, que descreve o desconcerto do homem moderno perante um mundo em construção, este é o primeiro filme em língua inglesa de Ildikó Enyedi, rodado em Paris, Budapeste, Hamburgo e no sul de Itália.


................................................................................................................................................


SERRE-MOI FORT
Um filme de Mathieu Amalric
Alemanha, França, 2021
Com Vicky Krieps, Arieh Worthalter
 
Protagonizado por Vicky Krieps e Arieh Worthalter, Serre-moi fort é a adaptação de Mathieu Amalric de Je reviens de loin, a peça de Claudine Galea. Serre-moi fort tem na sua génese a separação de uma família: a mãe, Camille, abandona o seu marido e os seus filhos. Este evento disruptivo na história da família de Camille é o ponto de inflexão para um melodrama que retrata a ausência ao longo dos anos.


Subscreva a nossa newsletterr

Este website usa Cookies. Ao navegar neste website está a concordar com a nossa Política de Cookies.