Mailing list

Notícia

Notícia

O LEFFEST começa já amanhã. O que esperar da 14ª edição?

Sexta-feira, 13 de Novembro, marca o arranque de mais uma edição do LEFFEST. À luz das mais recentes medidas de restrição, que impedem a realização de sessões nas tardes dos dois próximos fins-de-semana, o festival prolonga-se por mais três dias, até dia 25, por forma a poder acomodar toda a programação. O 14ª LEFFEST revela-se um anúncio de resistência neste ano atípico.


A programação, composta pelas habituais secções de Selecção Oficial - em Competição e Fora de Competição -, Homenagens e Restrospectivas, Sessões Especiais, Eventos e algumas surpresas, contempla a participação de alguns dos convidados em momentos de discussão e reflexão com o público. Peter Handke, Prémio Nobel da Literatura, Frédéric Bonnaud, director da Cinemateca Francesa, Cecilia Bengolea, coreógrafa e bailarina, Gabriel Abrantes, realizador e artista visual e Neville Wakefield, curador de arte e escritor, compõem o painel de júri desta 14ª edição.


Entre os destaques contam-se filmes como CHARLATÃO de Agnieszka Holland; UNDINE, do cineasta alemão Christian Petzold - presença assídua do LEFFEST em edições anteriores -; MALMKROG de Cristi Puiu; SIBÉRIA de Abel Ferrara; cópias restauradas em 4K de cinco filmes de Wong Kar Wai - 2046, ANJOS CAÍDOS, FELIZES JUNTOS, CHUNGKING EXPRESS e DISPONÍVEL PARA AMAR -; O MAL NÃO EXISTE, do realizador iraniano Mohammad Rasolouf; ORPHEA de Alexander Kluge e Khavn; JÁ! de Jim Rakete; e NEM O CÉU NEM A TERRA de Clément Cogitore. Estes filmes têm já assegurada distribuição em Portugal, pela Leopardo Filmes.


Subscreva a nossa newsletterr

Este website usa Cookies. Ao navegar neste website está a concordar com a nossa Política de Cookies.