Mailing list

Notícia

Notícia

Wim Wenders ao Correr do Tempo - Retrospectiva

Em 1987, em resposta à pergunta “Porque filma?”, inserida no caderno especial do jornal Libération Pourquoi filmez-vous? 700 cinéastes du monde entier répondent”, Wim Wenders concluía assim a sua resposta:


“Em todo o caso… raio de pergunta: porque filmo? Ora, porque… alguma coisa acontece, vemo-la acontecer, filmamo-la enquanto acontece, a câmara observa, conserva-a, podemos contemplá-la repetidamente, contemplá-la mais uma vez. A coisa já não está lá, mas a contemplação é possível; a verdade da existência desta coisa, essa, não se perdeu. […] A progressiva destruição da percepção exterior e do mundo é, por um instante, suspensa. A câmara é uma arma contra a miséria das coisas, nomeadamente contra o seu desaparecimento.”


Ou, como mais tarde reiterou, no princípio — e desse começo muito restou —, para Wenders, fazer filmes era colocar uma câmara num lugar, dirigi-la para alguma coisa muito concreta e deixá-la correr. E nesses filmes há sempre espaço livre para que o nosso imaginário de espectadores se desenvolva, se descubra. E se “mova”, livremente, entre este quinze filmes que Wenders realizou, ao correr do tempo, entre os anos de 1972 e 2016, e que iremos ver, na sua quase totalidade, em cópias restauradas pelo próprio realizador.


Desde logo, Lisbon Story, que Wenders veio agora apresentar a Lisboa, no LEFFEST, celebrando os 25 anos da estreia do filme — onde a narrativa se entrelaça com a música dos Madredeus, também intérpretes do filme, e onde há um delicioso cameo de Manoel de Oliveira, a quem Wenders chama “time traveller”, que dança pelo filme adentro, como Chaplin), uma obra que também celebrava o centenário do cinema. Ou Nick’s Movie — Um Acto de Amor, o comovente encontro de Wenders e de Nicholas Ray, quando este, doente, queria realizar um último filme, que aqui resulta, de novo, num compromisso entre vida e cinema, com o estúdio a ser substituído pela casa de Nick, o trabalho e a vida a serem a mesma coisa. Ou Tokyo-Ga (1985), outro filme “espontâneo”, este na peugada de Ozu, com o actor Ryu Chishu e o operador de câmara Yuharu Atsuta. Ou ainda Tão Longe, Tão Perto (1993), uma espécie de continuação de As Asas do Desejo, agora na Berlim reunificada. Ou A Letra Escarlate (1973), adaptação do romance de Hawthorne. E ainda os seminais, A Angústia do Guarda-redes no Momento do Penalty (1972), que marca o início da sua colaboração com Peter Handke, e Movimento em Falso (1975; “O Wilhelm Meister de Goethe viaja pela Alemanha num movimento tão único, tão belo”, Peter Handke), Ao Correr do Tempo (1975; dois homens viajam num camião ao longo da fronteira com a RDA; um deles, Bruno Winter, dedica-se a reparar projectores de cinema). E ainda Alice nas Cidades (1974), O Estado das Coisas (1982), As Asas do Desejo (1987), Paris, Texas (1984), e Buena Vista Social Club (1999), até ao mais recente Os Belos Dias de Aranjuez (2016), numa nova colaboração com Handke.


Esta é uma oportunidade única para podermos ver e rever, “repetidamente”, uma das mais importantes obras que o cinema nos deus nos últimos cinquenta anos. Vamos poder fazê-lo ao longo das próximas semanas no Espaço Nimas, em Lisboa, no Teatro Campo Alegre, no Porto, e ainda no TAGV, em Coimbra, cinema Charlot, em Setúbal, ou no CAE, na Figueira da Foz, entre outros.


Wenders gosta de citar a frase de Cézanne, segundo a qual “as coisas desaparecem. Temos de nos apressar, se queremos ver alguma coisa.” Apressemo-nos, pois!


...............................................................................................................................................................


Espaço Nimas
Dezembro e Janeiro 2019


Nick’s Movie – Um Acto de Amor, 1980 
Com: Gerry Bamman, Ronee Blakley, Pierre Cottrel

Sessão: Quarta-feira 11 de Dezembro 21h30 (com apresentação)


A Angústia do Guarda-redes no Momento do Penalty, 1972
Com: Arthur Brauss, Kai Fischer, Erika Pluhar, Libgart Schwarz, Marie Bardischewski
Festival de Veneza 1972 – Prémio FIPRESCI

Sessões: 
Quinta-feira 12 de Dezembro 16h30
Segunda-feira 23 de Dezembro, 15h


Alice nas Cidades, 1974
Com: Rüdiger Vogler, Yella Rottländer, Lisa Kreuzer, Edda Köchl, Ernest Boehm, Sam Presti, Louis Moran, Didi Petrikat
German Film Critics Award 1975 – Melhor Filme

Sessão: Sexta-feira 13 de Dezembro 16h30


Os Belos Dias de Aranjuez, 2016
Com: Reda Kateb, Sophie Semin 
Festival de Veneza – em Competição
Festival de Toronto – Selecção Oficial

Sessão: Sábado 14 de Dezembro 12h


Tão Longe, Tão Perto, 1993
Com: Otto Sander, Bruno Ganz, Peter Falk, Willem Dafoe

Sessões: 
Domingo 15 de Dezembro, 13h30
Quinta-feira 19 de Dezembro, 16h15


O Amigo Americano, 1977
Com: Bruno Ganz, Dennis Hopper, Lisa Kreuzer, Gérard Blain, Nicholas Ray, Samuel Fuller, Jean Eustache
Festival de Cannes 1977 – Selecção Oficial, competição
Prémios César 1978 – Melhor filme Estrangeiro
German Film Awards 1978 – Melhor Filme, Melhor Montagem e Melhor Realização

Sessão: Segunda-feira 16 de dezembro 19h


As Asas do Desejo, 1987
Com: Bruno Ganz, Peter Falk, Solveig Dommartin, Otto Sander
Festival de Cannes – Prémio de Realização
Sindicato Francês de Críticos de Cinema – Melhor Filme Estrangeiro
Césares – Nomeação para Melhor Filme Estrangeiro
European Film Awards – Melhor Realizador, Melhor Actor Secundário
German Film Awards – Melhor Filme, Melhor Fotografia
BAFTA – Nomeação para Melhor Filme Estrangeiro
Independent Spirit Awards – Melhor Filme Estrangeiro

Sessão: Terça-feira 17 de Dezembro 16h30


Buena Vista Social Club, 1999
Com: Joachim Cooder, Ry Cooder, Ibrahim Ferrer, Eliades Ochoa, Compay Segundo
European Film Awards 1999 – Melhor Documentário Europeu
New York Film Critics Award 1999 – Melhor Documentário
Los Angeles Film Critics Award 1999 – Melhor Documentário
Oscars 2000 – Nomeação para Melhor Documentário
German Film Awards 2000 – Melhor Documentário

Sessão: Quarta-feira 18 de Dezembro 16h30


Paris, Texas, 1984
Com: Harry Dean Stanton, Nastassja Kinski, Dean Stockwell, Aurore Clément, Hunter Carson, Bernhard Wicki
Festival de Cannes 1984 – Palma de Ouro; Prémio FIPRESCI; Prémio do Júri Ecuménico
BAFTA 1985 – Melhor Realização
Golden Globes 1985 – Nomeação para Melhor Filme Estrangeiro

Sessão: Sexta-feira 20 de Dezembro, 21h30


A Letra Escarlate, 1973
Com: Senta Berger, Lou Castel, Yelena Samarina

Sessão: Sábado 21 de Dezembro, 19h30


Ao Correr do Tempo, 1975
Com: Rüdiger Vogler, Hanns Zischler, Lisa Kreuzer, Rudolf Schündler, Marquard Bohm
Festival de Cannes 1976 – Prémio FIPRESCI
Festival de Chicago 1976 – Melhor Filme

Sessão: Quinta-feira 26 de Dezembro, 18h30


Lisbon Story – Viagem a Lisboa, 1994
Com: Patrick Bauchau, Madredeus
VERSÃO ORIGINAL RESTAURADA 4K

Sessão: Sexta-feira 27 de Dezembro, 21h30


Movimento em Falso, 1975
Com: Rüdiger Vogler, Hanna Schygulla, Ivan Desny, Marianne Hoppe, Hans Christian Blech
German Film Awards – Melhor Realização, Melhor Argumento, Melhor Fotografia, Melhor Montagem, Melhor Música e Melhor Elenco
Festival de Cinema de Locarno
Festival Internacional de Cinema de Roterdão

Sessão: Sábado 28 de Dezembro, 17h


Tokyo-Ga, 1985 
Com: Chishû Ryû, Werner Herzog, Yûharu Atsuta

Sessão: Domingo 29 de Dezembro, 22h30


O Estado das Coisas, 1982
Com: Patrick Bauchau, Viva Auder, Isabelle Weingarten, Samuel Fuller, Rebecca Pauly, Jeffrey Kime
Festival de Veneza – Leão de Ouro (1982)

Sessão: Quarta-feira 1 de Janeiro, 21h30


...............................................................................................................................................................


Teatro Campo Alegre
19 de Dezembro a 8 de Janeiro


Quinta-feira, 19 de Dezembro
18h30, 22h
Nick’s Movie – Um Acto de Amor, 1980
 
Sexta-feira, 20 de dezembro
18h30, 22h
A Angústia do Guarda-redes no Momento do Penalty 1972
 
Sábado, 21 de Dezembro
15h30, 18h30, 21h30
As Asas do Desejo, 1987
 
Domingo, 22 de Dezembro
15h30, 18h30, 21h30
Tão Longe, Tão Perto, 1993
 
Segunda-feira, 23 de Dezembro
18h30, 22h
Movimento em Falso, 1975
 
Quinta-feira, 26 de Dezembro
18h30, 22h
Tokyo-Ga, 1985
 
Sexta-feira, 27 de Dezembro
18h30, 21h30
O Estado das Coisas, 1982
 
Sábado, 28 de Dezembro
15h30, 18h30, 21h30
Paris, Texas, 1984
 
Domingo, 29 de Dezembro
15h30, 18h30, 21h30
Lisbon Story – Viagem a Lisboa, 1994
 
Segunda-feira, 30 de Dezembro
18h30, 22h
Buena Vista Social Club, 1999
 
Quinta-feira, 2 de Janeiro
18h30, 22h
A Letra Escarlate, 1973
 
Sexta-feira, 3 de Janeiro
18h30, 22h
Alice nas Cidades, 1974
 
Sábado, 4 de Janeiro
15h30, 18h30, 21h30
O Amigo Americano, 1977
 
Domingo, 5 de Janeiro
15h, 18h10, 21h15
Ao Correr do Tempo, 1975
 
Segunda-feira, 6 de Janeiro
18h30
A Angústia do Guarda-redes no Momento do Penalty, 1972
22h
Movimento em Falso, 1975
 
Terça-feira, 7 de Janeiro
18h30
Lisbon Story – Viagem a Lisboa, 1994
21h30
Tão Longe, Tão Perto, 1993
 
Quinta-feira, 8 de Janeiro
18h30
Os Belos Dias de Aranjuez, 2016
22h
Nick’s Movie – Um Acto de Amor, 1980


Subscreva a nossa newsletterr

Este website usa Cookies. Ao navegar neste website está a concordar com a nossa Política de Cookies.